Madeira de praia


Há uns tempos atrás encontrei este tronco na praia da Póvoa de Varzim. Foi preciso lavar a madeira, remover todos os grãos de areia, extrair as partes estragadas e ficou finalmente pronto para ser trabalhado.
Hoje abri-o, escavei e colei. 
A parte da campânula deu especial trabalho porque a madeira, possivelmente da zona da raíz, tinha o veio bastante retorcido.

Desta vez não deu para tocar assim que o colei porque o bocal ainda não está pronto…

 

“Segurar” a campânula com grampos para colar não foi fácil.

Mais desenvolvimentos em breve…

Leave a Reply